26 de ago de 2011

É sempre assim,e é sempre Amor

4240047141_96273b7287_large


A gente procura tanto amor, tanta cumplicidade tanta fidelidade . Busca sempre mais e acha sempre menos . Dói, machuca, dói de novo, mas meu Deus, a única coisa que você pode fazer é deitar na sua cama e chorar, talvez o choro mais triste, mais sentido que um choro de um bebê, mais chore, sinta, morra, mate, mas viva . Me disseram que isso passa, passa sim, quando passar eu vou estar tão forte que não vou mais lembrar daquele choro, daquela morte e vou querer amar de novo - e que irônico querer morrer de novo . Então por favor, deixe essas lágrimas, essas mortes, esse amor mal feito, torto, e sem muita cor, morrer dentro de mim de uma vez . Por favor, me explica porque toda noite eu vou dormir com esse medo filho da puta de viver, porque estar viva já é uma grande luta . E eu continuo, continuo indo dormir sem explicação, com essa dor, e com esse amor sem cor, esperando passar.
E nunca passa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo.
Deixe o endereço do seu site/blog para eu poder retribuir sua visitinha!
E-mail do blog: sobretudoumpouco@hotmail.com.br, mandem seus looks, fotos de unhas, maquiagens, sugestões e também não aceito mais tags!