17 de abr de 2012

As fotos e entrevista da Jessie J na revista Glamour Magazine


Jessie J está na edição desse mês de Abril da revista americana GLAMOUR Magazine. A revista trás, além das fotos, uma entrevista de Jessie JConfira a tradução em primeira mão da entrevista:

GLAMOUR: Você deve se divertir tendo a criatividade para fazer o seu look. É divertido se preparar para grandes eventos?
Jessie J: O resultado é legal. O processo nem sempre é legal, depende se meu cílios postiços ficam grudados ou não. Eu amo me vestir completamente diferente e é legal para os meus fãs porque eles nunca sabem o que vou usar.
4
GLAMOUR: Você usa várias perucas, não é?
Jessie J: É tão difícil de explicar para as pessoas. Quando você tem meia hora para estar pronta ás quatro horas da manhã, você não tem tempo de levantar e colocar apliques no cabelo ou seca-lo. A cabeleireira que arruma o meu cabelo disse: “Você, querida, tem a coisa que chamamos de cabelo “pronto”, porque se secar ou escovar o cabelo todos os dias, o cabelo caí ou fica fraco. Eu não quero que meu cabelo caia então eu uso perucas!
GLAMOUR: Como você se mantêm saudável?
JJ: Eu nunca reclamo quando estou cansada, porque eu sei que em breve eu vou ter boas nove horas de sono, sou tranquila. Mais ou menos isso. Em questão da alimentação, este ano eu quero ganhar peso, então eu estou tentando comer o tanto que eu puder. Ano passado tinha dias que eu e meu time (banda) ficávamos muito ocupados, então eu não tinha tempo de ter uma alimentação decente.
1
GLAMOUR: Você sofreu um derrame aos 18 anos. Isso mudou de alguma forma a maneira como você se cuida hoje?
JJ: Minha saúde não é tão grave como as pessoas pensam. Eu tenho batimentos cardíacos irregulares algumas vezes quando estou cansada; coisas que não acontecem com outras pessoas. Mas é mais o stress. Eu tento não me preocupar muito com as coisas como eu fazia quando era pequena. Na última noite, depois do BRIT Awards, foi literalmente a primeira vez que fui a uma festa tendo que trabalhar no próximo dia. Você precisa escolher quando ir a uma festa e torna-la especial, e não se acabar em festas todas as noites.
GLAMOUR: Então você não é daquelas pessoas extremamente ‘baladeiras’, né?
JJ: Eu realmente não sou uma pessoa baladeira. Eu não ‘me torno eu’ quando estou bêbada. Eu não bebo álcool para ficar feliz. Eu sou jovem, e beber somente um drink é o suficiente. Minha agenda é irreal no momento. Eu não tenho tempo para ficar exausta!
GLAMOUR: Você era uma criança segura ou era insegura em certos momentos?
JJ: Você sabe como é? Eu tenho mãe e pai maravilhosos que já estão casados há 32 anos, minhas irmãs sempre me fazem sentir maravilhosa. Ninguém nunca tentou me distanciar do que eu queria ser. Nunca fico com vergonha. Mesmo na noite passada, na pós-festa, eu e meu pai estávamos dançando e quase não tinha ninguém. Eu acho que ser confiante é não permitir que as inseguranças domem você.
2
GLAMOUR: Como você entrou para a música?
JJ: Eu nunca fui a pessoa que sempre foi talentosa. Eu que cantava mais alto e adorava desafios. Desde pequena eu sei que gostaria ser alguém no mundo. Quando tinha 13 anos, eu sentei com a minha mãe enquanto o meu pai saiu e disse: “Acho que quero fazer isso corretamente. O que posso fazer?” Eu fui para a BRIT School para fazer musicais ou para ser música. Então comecei a escrever músicas, e tudo mudou em mim. Eu quis dizer ao mundo o que eu acho e o que eu sinto.
GLAMOUR: Você sempre foi aberta sobre a sua sexualidade.
JJ: Para mim, eu não opto pela sexualidade, mas é mais confortável optar por quem eu irei me apaixonar. Se eu conhecer alguém e gostar dessa pessoa, eu não me importarei se for um garoto ou uma garota. Você nunca deve, jamais se desculpar por qualquer coisa que te faz feliz. Minha mãe e meu pai sempre foram tão legais sobre isso, pois eles falavam assim “Você não está prejudicando ninguém. Somente aproveite a sua vida. “
3
GLAMOUR: Como você se sente quando as pessoas te definem por ser bisexual?
JJ: A coisa frustante disso é que se me verem com homem agora, vão me considerar como hétero. Mas se me verem com uma garota, vão me chamar de “gay”. Quando eu estava com a minha ex-namorada, eu costumava sair com ela e dizer “essa é a minha namorada.” As pessoas não ficavam confortáveis comigo, porque eu era. É isso que me irrita na mídia. Eu nunca tentei fazer disso [minha sexualidade] algo que fosse para jornais ou revistas. Eu nunca, vou deixar que isso seja o motivo das vendas das minhas músicas. Sexualidade não deve definir você. Deve fazer parte de que você é. No momento estou solteira, feliz e aprendendo sobre mim mesma. Neste momento, a música é a minha única paixão.

5 comentários:

  1. Jessie J liiinda e diva.http://blogdavine.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Adoro os looks dela, fiquei chocada sabendo que ela usa peruca HAUHUSA mas por um lado, ela tem é razão.

    Beijos
    Anne
    meninasantenadas.tk

    ResponderExcluir
  3. a Jessie é demais né arrasaa *O*

    http://garotoonerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. A entrevista ficou muito linda, a jessie arrasa demais gente. :D

    Já saiu o 2° capitulo da web novela Meu livro azul do gdos, confere? *-*
    http://garotadoolharsincero.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Tudo bem?
    Gostei do Seu Blog e Já estou Seguindo..!
    Voce gosta de unhas personalizadas?
    Da uma Olhadinha no Blog, lá vou ensinar, dar algumas dicas sobre a personalização das unhas. beijos, sua presença é importante no Blog. Obrigada.

    http://unhasale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo.
Deixe o endereço do seu site/blog para eu poder retribuir sua visitinha!
E-mail do blog: sobretudoumpouco@hotmail.com.br, mandem seus looks, fotos de unhas, maquiagens, sugestões e também não aceito mais tags!